FONE: 61 3012-7500

Rua B, Qd. 06 - Lt. 01 e 02 s/nº Parque Rio Branco
72.870-007, Valparaíso de Goiás, Go Funcionamento: 08:00 às 18:00

Cidade Limpa

28/09/2018 às 14:27
CLIQUE PARA AMPLIAR

A limpeza dos terrenos baldios é uma prática fiscalizada periodicamente. Só no ano de 2018, mais de 300 proprietários de terrenos foram notificados pela falta de manutenção e limpeza

Em comemoração ao Dia do Padroeiro do Município de Valparaíso de Goiás e Dia da Natureza, a Superintendência dos Serviços de Fiscalização Municipal (SUSFIM), por meio dos fiscais de Posturas e de Meio Ambiente, realizará uma blitz educativa na cidade. 

A ação vai acontecer na próxima quarta-feira, 03 de outubro, na Praça da Etapa A e contará ainda com apoio dos policiais mirins do Instituo Anjos de Rua.  A Ideia é conscientizar os cidadãos para o cuidado e limpeza da cidade, principalmente no que compete à manutenção de lotes baldios. 

Segundo o chefe da fiscalização de Posturas Eudo Jordão, o intuito é mostrar à população que ações de conservação colaboram com o embelezamento da cidade e evita problemas futuros, como doenças e possíveis pragas e insetos, causados pelo acúmulo de lixos e água. Além do ato administrativo de infração, gerando multa.  “Nós entendemos que além do proprietário, os vizinhos devem ajudar com a limpeza simplesmente não jogando lixo e entulhos. Nós entendemos que, cidade limpa não é a que mais se limpa e sim, a que menos se suja”, pontuou Eudo. 

A limpeza dos terrenos baldios é uma prática fiscalizada periodicamente. Só no ano de 2018, mais de 300 proprietários de terrenos foram notificados em decorrência do acúmulo de lixo, mato e descaso com muros de imóveis e terrenos abandonados.  “Os proprietários são responsáveis pela conservação dos locais, conforme prevê o Código de Posturas Lei 062/2012. Caso não aconteça, a administração irá providenciar essa limpeza e cobrar o valor do trabalho, com acréscimo de uma multa que será cobrada junto ao IPTU do ano seguinte”, completou o Superintendente José Cícero.

 A Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos realiza diariamente serviços de limpeza nos espaços públicos. Mas para termos um município bem limpinho, todos precisam colaborar: governo e população. 

Para isso, simples atos fazem diferença. O dono de terreno vazio, por exemplo, deve colaborar com a conservação do lote. Segundo o Código de Posturas, Lei Complementar Nº 062, de 04 de julho de 2012, é obrigação do proprietário mantê-lo limpo e capinado, isento de quaisquer materiais, plantas e animais nocivos à coletividade. Quem não tem lote baldio pode colaborar simplesmente não jogando lixo doméstico, entulho, restos de poda, móveis e eletrodomésticos velhos em local inadequado! Se cada um fizer a sua parte a cidade toda sai ganhando. 

Assessoria de Comunicação da Prefeituira de Valparaíso

MAIS NOTÍCIAS
Nucleo Desenvolvimento